quinta-feira, 21 de dezembro de 2006

Essa Noite Ela Dormiu Comigo...


Ando tão a flor da pele...
que nem a chuva de verão lava meus pecados
sinto o tempo passar com você, olhares calados.
Tão a flor da pele...
e o prazer que senti quando encostei minha boca na sua
outra vez digo, as frases são minhas mas a verdade é só tua.
Uma noite quente vai chegando, livre se insinua...
As árvores passam como vultos, acelero queimando asfalto
indo pra lugar nenhum sentindo o coração bater ligeiro, como num salto.
Me dê um beijo meu amor pois estou partindo
partindo pra longe, partindo corações
você aqui e eu lá, assim vai ser melhor
a culpa esta ausente, saiba que estarei ao redor
sempre tão a flor da pele...
que qualquer coisa eu já penso e vejo você
na chuva que cai, no murmúrio de um poeta ou numa canção triste de mpb.
Ando tão a flor da pele
que perdôo quem perdi e perco quem perdoei.

Por onde andará aquele encanto tão puro e afrodisíaco?
que emanava no som de sua risada
na ternura de um olhar ou em um gemido durante a madrugada...
Uma preocupação a mais dessa vez
que me faz perder o sono
só de pensar na possibilidade de nós dois nos tornarmos três.
A inspiração falsa e alheia que me assombra em madrugadas a fio
olhando as estrelas, pensando besteira e enchendo o vazio.
Cada vez mais a flor da pele
que gritos no silêncio nem me assustam mais
e os arrepios são contantes como calor no sertão
pq na minha vida mais que o amor foi sempre constante a paixão.

Nem adianta eu tentar explicar
não dá pra dizer em palavras oq só se pode sentir
explicar esse sentimento lindo e perigoso
que causa minha insônia mas me faz criar asas quando começo a cair.
Essa expectativa que abriga meu peito
e faz mudar tudo de um jeito
que eu desconheço, que eu não entendo.
Sei que incomoda quando falo assim
pois vc não encontra mais oq mudar em mim.
Tudo que não é certeza eu questiono e instigo
transformei em poesia oq senti na madrugada
de nós dois não sei mais nada
Lágrimas que surgiram de dentro, mas nem ligo
estou a flor da pele...
pois essa noite você dormiu comigo.








Feliz Natal e Feliz Ano Novo...

3 comentários:

Júnior Creed disse...

nossa... que forte! a princípio pensei que era uma releitura da canção do zeca baleiro, mas vc demonstra uma sensibilidade igualmente latente que a canção. um abraço. feliz 2007!!!!!

Lais disse...

Oiii
vem exatemente dizer sobre essa pessoinha q postou ai rs..
eu vim dizer p/ vc dar um pulinho lá no blog dele e ve a serie "Os Homens" muito bom, acho q vc vai gostar!
kiss

Biah disse...

Oieee
poxaa
vc escreve bem hein!!
ah legal viu...
qndo publica o livro mi avisa hein?!
heh
bjO